Este site tem certas restrições de navegação. Recomendamos o uso de navegadores web como: Chrome, Safari ou Firefox.

Frete grátis para compras acima de R$ 180. Pague em até 3x sem juros!

A diferença entre cosméticos naturais, orgânicos e veganos

Apesar do objetivo em comum de oferecer cosméticos qualificados que estão em harmonia com o meio ambiente, há algumas diferenças entre aquilo que é natural, orgânico ou vegano. Essa informação pode ser importante, caso você esteja buscando alguma coisa em específico.

A confusão entre os três é bem comum quando paramos para analisar. A Ecocert aponta que, em pesquisa sobre o consumo de orgânicos no Brasil, 84% dos entrevistados afirmaram que fazem uso deles por motivos de saúde, diferente dos naturais e veganos. Mas a gente te explica tudinho! Vamos lá:

Cosméticos naturais

Englobando desde formulações totalmente provenientes da natureza até aquelas com quantidade expressiva de sintéticos, os cosméticos naturais precisam ser extraídos dessas mesmas fontes, retirando direto do meio ambiente. É um serviço que também cuida para que não haja desperdício.

Os ingredientes podem estar presentes em concentrações distintas e alguns compostos acabam sendo proibidos para utilização por oferecerem risco à saúde por toxicidade, envenenamento ou serem comprovadamente nocivos, como os derivados de petróleo e aromas sintéticos.

Dependendo da matéria-prima utilizada, o produto pode ser natural ou orgânico. Se tiver agrotóxico, por exemplo, não deixa de ser natural, mas não é orgânico. E, se for testado em animais, tampouco é vegano.

Cosméticos orgânicos

As matérias-primas orgânicas são cultivadas e extraídas sem o uso de agrotóxicos ou outros tipos de químicos, como os fertilizantes.

Com um crescente movimento de conscientização da saúde e dos cuidados com o corpo interna e externamente, os produtos orgânicos levam as questões mais além; desde o cultivo até pela saúde dos próprios agricultores, solo, animais, e do ecossistema como um todo.

Sendo assim, um cosmético orgânico é, necessariamente, natural, mas pode não ser vegano, por conter ingredientes de origem animal, como o mel.

Cosméticos veganos

Por definição, é aquele produto que não explora animais, desde a sua produção até o seu teste. Ele também não tem nenhum tipo de crueldade envolvida, o que causa outra pequena confusão quando há o selo de “cruelty free”.

Assim como nas outras categorias, não há regulamentação no Brasil para defini-las e acaba sendo necessário certificar através de entidades particulares, como a PETA (People for the Ethical Treatment of Animals).

Tal certificado recebe avaliação em toda a sua cadeia, respeitando os critérios de desenvolvimento sustentável e tratando o meio ambiente com benefícios à nossa saúde que ultrapassam os do produto.

Um cosmético pode, então, ser vegano, mas não ser natural, nem orgânico; acaba por ser, necessariamente, cruelty free.

Você deve escolher aquele que supre as suas necessidades, sempre. O importante é que se conscientize e cuide do seu corpo com carinho!

 

Com amor, 

Trópkos


Algumas referências usadas para este texto:

https://www.ecocert.com.br/cosmeticos-organicos-naturais-ou-veganos-qual-a-diferenca/

https://tropicabotanica.com.br/qual-a-diferenca-entre-um-cosmeticos-naturais-organicos-veganos/

https://namu.com.br/portal/estetica/toxicidade/diferenca-entre-cosmeticos-veganos-e-organicos/

https://www.cosmeticosdobem.com.br/cosmeticos-veganos-naturais-e-organicos-qual-a-diferenca-e-o-impacto-deles-no-meio-ambiente/

https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/beleza/entenda-a-diferenca-entre-cosmeticos-naturais-organicos-e-veganos

✔️ Produto adicionado com sucesso.